Vacinação contra a gripe termina na próxima sexta-feira

A menos de uma semana para o encerramento da campanha nacional de vacinação contra a gripe, ainda faltam 21 milhões de pessoas a serem imunizadas. Balanço parcial divulgado pelo Ministério da Saúde, mostra que, até a última sexta-feira, 24, mais de 60% das pessoas que fazem parte do público-alvo tomou a vacina. A população tem até o próximo dia 1º de junho para tomar a dose em um dos postos de vacinação de todo o país. A expectativa do Ministério da Saúde é imunizar 54,4 milhões de pessoas até o final da campanha.

“É muito importante que as pessoas consideradas do grupo-prioritário procurem os postos para se protegerem contra a gripe. A vacina é a medida mais eficaz para evitar a doença e garante proteção às pessoas com mais risco de desenvolverem a forma grave da doença”, ressaltou a coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, Ana Goretti.

Até 24 de maio foram vacinadas 33,3 milhões de pessoas contra a gripe. Este total abrange todo o público estimado, incluindo pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades. Do total de pessoas vacinadas até agora, 27 milhões são idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e puérperas (mães recentes).

O público com maior cobertura da vacina contra a gripe, até o momento, é de puérperas, com 74,2%, seguido pelos idosos (71%), trabalhadores da saúde (67,8%) e professores (67,7%). Entre os indígenas, a cobertura de vacinação ficou em 53,5% e gestantes 51,8%. O grupo com menor índice de vacinação foram as crianças, entre seis meses e cinco anos, a cobertura é de apenas 46%.

fonte: Ministério da Saúde