Serviços da Caravana para o Desenvolvimento Empresarial chegaram a Coroatá

Coroatá recebeu a Caravana para o Desenvolvimento Empresarial na quarta (9) e nesta quinta-feira (10). Foto: Nael Reis/Secap

“Foi a primeira vez que eu vi vários secretários saindo do gabinete para vir à Coroatá ouvir a gente”, contou a empresária do ramo da informática Régia Meneses, sobre a chegada da Caravana para o Desenvolvimento Empresarial que esteve em Coroatá na quarta (9) e nesta quinta-feira (10). O evento, que chegou a sua 11ª edição, tem como objetivo dialogar com o setor empresarial e oferecer serviços e ações, a fim de fortalecer os negócios locais.

As vasta programação da Caravana foi acompanhada por secretários de Estado e dirigentes de órgãos que, de perto, conheceram a dinâmica do comércio local, com visitas, e puderam ouvir sugestões e pleitos dos empresários. O secretário de Estado de Governo, Antônio Nunes, destaca a importância do evento ainda para apresentar os investimentos do Governo do Estado que impactam o setor. “A Caravana em Coroatá ratifica exatamente o que aconteceu nas outras cidades, um sentimento muito forte da classe querendo empreender, precisando e aceitando o apoio do Governo e a população muito ansiosa por melhores condições de trabalho”, destacou Antônio Nunes.

Coroatá recebeu a Caravana para o Desenvolvimento Empresarial na quarta (9) e nesta quinta-feira (10). Foto: Nael Reis/Secap

Em Coroatá, os secretário reuniram com o prefeito da cidade, Luiz da Amovelar Filho, e integrantes da Associação dos Empresários de Coroatá (AEC). À noite, representantes de pastas realizaram painel apresentando, a uma plateia lotada, as ações, programas e investimentos do Governo nas respectivas áreas que beneficiam os empresários. “A marca do nosso Governo é o diálogo, por isso não poderíamos deixar de estar em Coroatá, onde tem mais de 1.500 empresas e, portanto, é uma cidade de grande relevância para a economia maranhense. É uma região empreendedora e aqui muitas empresas sendo implantadas mesmo no período de crise”, pontuou o presidente da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), Sérgio Sombra.

Na passagem da Caravana Empresarial foram visitadas as obras das instalações do abatedouro do Frango Americano em Coroatá. Há 20 anos no Maranhão, a empresa chega a Coroatá atraída pelo bom posicionamento da cidade, e, quando ativa, deverá gerar três mil empregos diretos. O proprietário da empresa, Evandro Watanabe, destacou a importância da Caravana para o empreendimento. “É uma ação imprescindível, é a proximidade do Governo com o empresário para viabilizar o desenvolvimento da região e nós não poderíamos ficar de fora. Estamos no momento de desenvolver mais as atividades e a área escolhida inicialmente foi Coroatá e os municípios vizinhos. Hoje visitamos as obras do abatedouro, vimos que estão avançadas. Nós vemos com muito otimismo, porque é uma região próxima de uma área que tem tendência de ser um polo de grãos, que é a área de Chapadinha e municípios próximos, assim como vemos que aqui tem uma posição geográfica que facilita a distribuição”, pontuou Evandro Watanabe.

Para o prefeito da Cidade, o momento é propício para a instalação de novas empresas, sejam locais ou de fora. A intenção é aquecer o mercado e gerar emprego e renda, e o apoio do Estado é essencial para isso.

Serviços 

Coroatá recebeu a Caravana para o Desenvolvimento Empresarial na quarta (9) e nesta quinta-feira (10). Foto: Nael Reis/Secap

Nesta quinta-feira, durante todo o dia, foram oferecidos serviços diversos. A Junta Comercial do Maranhão (Jucema), além de disponibilizar informações para simplificar serviços relacionados ao registro de empresas, realizou o Seminário Empresa Fácil, voltado para os contabilistas, tirando dúvidas sobre sistema do Empresa Fácil. Já a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) prestou apoio ao licenciamento ambiental, explicando os procedimentos para aquisição e acompanhamento da expedição do documento.

Além disso, o empresariado pôde obter mais informações e se inscrever em importantes programas do Governo. Entre estes, o ‘Maranhão Juros Zero’, onde a gestão faz convênio com entidade financeira para conceder crédito de até R$ 20 mil reais sem juros; ‘Mais Empresas’, que concede redução da carga tributária ao empresário que deseja instalar ou ampliar seu negócio; ‘Maranhão Mais Produtivo’, que oportuniza às micro e pequenas empresas instaladas no Maranhão, facilitando o acesso a novos mercados; e o ‘Mais Empregos’, onde, a cada novo emprego gerado, o Governo concede crédito de R$ 500 no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Também esteve presente no evento o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), realizando atendimentos e palestras.

Coroatá recebeu a Caravana para o Desenvolvimento Empresarial na quarta (9) e nesta quinta-feira (10). Foto: Nael Reis/Secap

Powered by WPeMatico