Mais de 40 pequenas empresas já se inscreveram na 2ª etapa do Programa Mais Empregos

Nilson Ribeiro, primeiro contratado do Mais Empregos para pequenas empresas. Foto: Handson Chagas/Secap

Criado pelo Governador Flávio Dino para garantir oportunidades de trabalho e proteger a economia maranhense, o Programa Mais Empregos inicia a segunda etapa com mais de 40 empresas já inscritas para contratação de novos funcionários.

Na primeira etapa, empresas de grande porte participaram do programa com incentivos fiscais do governo para a contratação de novos funcionários. Na segunda etapa, micro e pequenas empresas recebem auxílio financeiro, depositado diretamente na conta da contratante.

Com o Mais Empregos, o Governo garante o pagamento de R$ 500 por mês para cada funcionário contratado.  São 4.000 novas oportunidades com garantia de todos os direitos trabalhistas, uma vez que a contratação deve ser feita por meio de assinatura da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do novo funcionário.

O auxiliar de Departamento Pessoal Nilson Silva Ribeiro, de 28 anos, foi o primeiro contratado na segunda etapa do Programa e diz que a oportunidade lhe garantiu a volta para o trabalho formal.

“Eu já havia trabalhado com carteira assinada antes, mas em função das dificuldades estava atuando como estagiário. Agora tenho a oportunidade de voltar a trabalhar formalmente, já no final da minha formação”, explica Nilson, que cursa o último semestre de Ciências Contábeis.

O empresário João Batista de Oliveira Neto, proprietário de uma empresa de assessoria contábil em São Luís e responsável pela contratação do Nilson, explica por que aderiu ao programa: “Estava precisando de um profissional no ramo, e como trabalho com assessoria para outras pequenas empresas, experimentei o programa para ver se funcionava. Funciona de fato e agora estamos recomendando para os nossos clientes a adesão, que é uma excelente oportunidade num momento em que empresas estão fechando justamente por conta dos encargos de contratação de funcionários”.

Para aderir ao Programa Mais Empregos, as Empresas de Pequeno Porte devem ser optantes do Simples Nacional, possuir regularidade fiscal e cadastral e estar em regime normal de apuração. Já quem busca uma oportunidade de Trabalho deve estar inscrito no cadastro do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

“Além de garantir o auxílio para apoiar as empresas, a Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres), com suporte do Sine, faz a intermediação entre o empresário e os futuros contratados, selecionando os perfis de interesse das empresas e acompanhando todo o processo de contratação. Essa é uma segurança a mais para contratantes e contratados,” afirma o coordenador do Programa Mais Empregos, Leandro Viegas de Figueiredo.

O Secretário de Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin, explica que o Programa  tem potencial para gerar muito mais empregos do que os 4 mil já previstos: “Quando você oferece ofertas de emprego, você devolve o trabalhador à capacidade de consumo, o que gera riqueza e faz circular a economia, aumentando ainda mais o número de trabalhadores”.

Novas oportunidades
O Governo do Estado garante o pagamento de auxílio para contratação de até 10 funcionários por empresa. Os valores do auxílio são pagos mensalmente na conta corrente da empresa contratante.

Com a oportunidade, uma empresa do ramo varejista em Codó contratou cinco novos funcionários, três vendedores internos, uma operadora de caixa e um servente de limpeza. Soraya Viegas, uma das contratadas, avalia que o Programa aumenta o número de contratações formais na cidade: “Essa oportunidade é bem interessante tanto para quem contrata, quanto para quem é contratado. Aqui no interior do estado há muitos que não têm condições de contratar com carteira assinada”.

“Além disso, o que a gente percebe é que jovens aprendizes, que poderiam ser contratados formalmente, acabam saindo do trabalho quando termina o período de estágio. Com esse programa, eles poderão ser efetivados”, acrescenta Soraya.

Mais Empregos no interior do estado
A Setres oferece estande de atendimento no interior do Estado durante a realização das Caravanas Empresariais com o objetivo de orientar os empresários que têm interesse em participar do Programa Mais Empregos.

As empresas interessadas também podem procurar as regionais do Sine no interior do Estado ou acessar o portal da Setres: www.trabalho.ma.gov.br. Além de São Luís, já se inscreveram no programa empresas das cidades de Aldeias Altas, Bacabal, Bacabeira, Balsas, Barra do Corda, Cândido Mendes, Caxias, Codó, Estreito, Imperatriz, São José de Ribamar, Santo Antônio dos Lopes e Timon.

Powered by WPeMatico