Hospital de Câncer do Maranhão realiza programação em alusão a campanha Novembro Azul

   Programação de abertura da campanha “Novembro Azul” foi marcada pelo anúncio de novos serviços e entregas. (Foto: Francisco Campos)

Programação de abertura da campanha “Novembro Azul” foi marcada pelo anúncio de novos serviços e entregas. (Foto: Francisco Campos)

Com o tema “Menos preconceito, Mais saúde”, o  Hospital de Câncer do Maranhão abriu, na manhã desta quinta-feira (9), a programação, em alusão a campanha “Novembro Azul”, que tem como objetivo alertar para os cuidados com a saúde do homem. A iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), propõe a prevenção e o combate ao câncer de próstata, de pênis e doenças crônicas não transmissíveis.

A programação contou com a inauguração da nova área de convivência da unidade, além do anúncio do novo serviço de colonoscopia, assim o fortalecimento da ampla assistência ofertada Hospital de Câncer do Maranhão. “O cuidado com a prevenção é fundamental e a gente tem que extirpar de vez esse preconceito de que homem não vai ao médico, que homem é forte e que por isso não precisa ter esse cuidado. Que o mês de novembro traga uma reflexão para todos os homens do estado do Maranhão, menos preconceito e mais saúde”, afirmou o secretário Carlos Lula.

A urologista Patrícia Canela disse que a campanha tem como objetivo alertar para os cuidados com a saúde do homem, incluindo a prevenção, o combate ao câncer de próstata, de pênis e doenças crônicas não transmissíveis. “A partir do momento que a gente leva informação a estes pacientes, conseguimos diminuir o preconceito e tratar de forma mais adequada esses pacientes. Esta é a melhor forma para contribuir com a sociedade e nossos pacientes, levando informação”, explicou.

O ponto alto da solenidade foi quando Ana Silvia Nascimento Cruz, de 44 anos, tocou pela primeira vez o ‘Sino da Cura’, instrumento que será tocado por pacientes recuperados do câncer ao deixarem a unidade. O ato simbólico foi criado para estimular os demais pacientes e acompanhantes que lutam contra a doença. “Hoje, em nome de Jesus, eu posso dizer que estou curada, toquei esse sino e acredito que outras pessoas vão tocar também. Agradeço a todos que cuidaram de mim durante meu tratamento aqui”, disse emocionada.

A cerimônia teve ainda a apresentação do Coral ‘Canta Geral’ e participação de músicos do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão.

Outras atividades

Como parte da programação alusiva ao Novembro Azul, o Hospital de Câncer do Maranhão realizará mutirão de cirurgias urológicas, com pacientes regulados, no dia 17, além do mutirão de consultas, que será realizado no dia 18. O Hospital de Câncer do Maranhão, referência no tratamento de pacientes oncológicos na rede estadual de saúde.  A campanha do Novembro Azul será realizada durante todo o mês de novembro nas unidades da Rede Estadual.

“Desde o primeiro momento que eu adentrei no Hospital do Câncer do Maranhão, nosso antigo hospital geral Tarquínio Lopes Filho, me comprometi a fazer melhorias aqui para que todos tivessem um ambiente melhor e com mais cuidado”, destacou o secretário Carlos Lula.

Participaram da abertura da programação, a subsecretária de Estado da SES, Karla Trindade, a secretária adjunta de Engenharia da SES, Thaís Farias, o subsecretário da Secretaria de Infraestrutura,  Ademilson Pontes Rodrigues, a presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Ianik Leal, o diretor clínico do Hospital de Câncer, Stênio Roberto de Castro Lima Santos.

Praça Neto Guterres

Como parte da solenidade, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) entregou a Praça Neto Guterres totalmente revitalizada. O espaço fica ao lado do hospital e era um pedido antigo dos acompanhantes dos pacientes, das equipes que compõe o quadro da unidade de referência no tratamento oncológico do Maranhão, além dos moradores.

Foram entregues ainda quatro quiosques personalizados que vão atender à necessidade de todos. Por 32 anos, Raimundo Campos Freire, ou “seu Dico” como é mais conhecido, trabalha vendendo lanches no local e pontua a importância da entrega do espaço. “É muito gratificante. Eu agradeço muito, porque antes o lugar não tinha condição de comportar tantos veículos e vendedor ambulante em cima dela”, disse.

“Teve que ter uma reforma, uma padronização de quiosques para que o atendimento viesse a melhorar. Graças a Deus, o governador e o secretário de saúde realizaram uma obra que está sendo essencial para a população”, ressaltou o compositor José Ribamar Mendes, ou Camarão Mendes como é conhecido, também beneficiado com um dos quiosques.