Hemomar reforça medidas preventivas e incentiva doação de sangue para superar estoque baixo

Professora Annette de Menezes Lopes participou da campanha para doação de sangue realizada no Hemomar (Foto: Márcio Sampaio)

A professora Annette de Menezes Lopes esteve nesta semana no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), na Jordoa, para doar sangue, como faz frequentemente. Mas, dessa vez, a atitude foi ainda mais importante pois o estoque está em nível crítico, apesar da adoção de medidas rigorosas para garantir a segurança dos doadores em meio à pandemia do novo coronavírus. 

Segundo a docente, ela sentiu-se ainda mais motivada depois de ver a campanha, feita pelas redes sociais, para aumentar as doações. A campanha é realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), gerenciadora do Hemomar.

“Eu já sou doadora há muito tempo. Essa já é a sétima vez que eu faço doação. Vi a campanha e me senti motivada a fazer a doação. As pessoas não precisam ter medo de vir doar sangue. É um ambiente seguro. E, se a pessoa estiver bem de saúde, não estiver gripada, que possa se disponibilizar e vir fazer a doação, que não tem problema nenhum. Eu me senti segura vindo aqui, está bem cuidado, higienizado”, garante Annette de Menezes Lopes.

A coordenadora de captação do Hemomar, Frassinete dos Santos Araújo, reforça as medidas de segurança que estão sendo tomadas, mas explica que, apesar de várias pessoas estarem realizando agendamento de doações, o hemocentro ainda está aguardando esses doadores. 

“A gente continua entre altos e baixos. As pessoas estão agendando e a gente está aguardando para que elas realmente compareçam para que a gente possa melhorar esse nosso estoque. Estamos nos paramentando, alternando cadeira, se distanciando, usando álcool gel, montando várias estratégias para que as pessoas se sintam seguras de vir pra cá, fazer a sua doação e também fazer uma doação com segurança. Os estoques continuam em nível crítico porque nem toda bolsa doada é bolsa liberada, tem que passar essas bolsas pelos testes do laboratório, e a gente acaba perdendo um percentual. Para esse momento que a gente está vivendo é crítico”, destaca. 

Entre as ações para garantir a segurança dos doadores está o reforço da limpeza de trincos e portas, a adoção de distância segura entre os doadores, bem como o agendamento de doações pelo WhatsApp no número (98) 9162-3334. Além disso, o Hemomar realiza o transporte de grupos de até seis pessoas, ressaltando que a capacidade da van utilizada foi diminuída para respeitar a distância segura entre os doadores.  

Critérios para doar sangue:

– Estar bem de saúde

– Pesar acima de 50 quilos

– Estar bem alimentado no dia da doação

– Não ingerir alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação

– Não ingerir bebida alcoólica no dia anterior à doação

– Estar acompanhado por um responsável legal, caso tenha 16 ou 17 anos

– Levar documento oficial com foto