3 de abril de 2020

Grupos de doadores ajudam a aumentar estoque de bolsas de sangue Hemomar


Militares do Exército Brasileiro estenderam a mão amiga, nesta sexta-feira (3), para Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemomar), ajudando quem precisa de sangue no Maranhão. de 160 militares, dos quais 118 recrutas e 40 alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva, devem participar da ação, que começou esta semana, mas deve se estender para a próxima.

“Fizemos os contatos necessários para poder viabilizar a campanha de doação logo para essa semana, neste momento de crise que a sociedade está vivenciando. De forma que pudéssemos contribuir de alguma forma para renovar esses bancos de sangue”, relatou o tenente coronel Sousa Filho, comandante do 24° BIS.

Para manter o abastecimento de sangue regular, o Hemomar vem realizando atividades para estimular a captação de doadores. Vans foram disponibilizadas pelo hemocentro para buscar grupos de pessoas que queiram doar. O grupo pode ser formado por até sete pessoas para evitar aglomeração dentro do veículo. O agendamento é feito por meio de mensagens encaminhadas pelo WhatsApp para o número (98) 99962-2334 ou pelo telefone 3216-1134.

“As pessoas precisam estar saudáveis, trazer um documento oficial com foto, não ingerir bebida alcóolica 12h antes, vir bem alimentado. Ao entrar em contato conosco, marcamos um ponto com referência e a van vai buscar e deixar esse grupo de doadores no mesmo local após a coleta de sangue”, explicou Frassinete Araújo, coordenadora do setor de captação de doadores do Hemomar.

As doações voluntárias estão sendo realizadas normalmente na unidade gerida pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares. A professora Eliane Sousa já doa sangue há cinco anos e não pretende parar. Voluntária, pretende ajudar por um bom tempo ainda.

“Primeira vez que doei foi quando meu pai necessitou de sangue, isso há cinco anos. Ele foi fazer uma cirurgia e faltava sangue, eu nunca tinha doado, como ele precisou e nossa família não havia conseguido ninguém para doar eu acabei me tornando uma doadora, desde então não parei mais”, ressaltou a professora Eliane Sousa.

Segundo a coordenadora do setor de captação de doadores, todos os cuidados estão sendo tomados na oferta do serviço. “Nós do Hemomar tomamos todos os cuidados necessários para segurança dos doadores. Afastamento de cadeiras na sala de coleta e na sala de espera. Tem álcool em gel em pontos estratégicos, como na recepção e dentro da sala de coleta também, de forma que a pessoa pode vir doar sem medo”, reforçou Frassinete Araújo.

Eduardo Ericeira

POSTAGENS

RECENTES


Governo leva Saúde na Praça à população da Região de Itapecuru-Mirim

Fotos: Ilano Lima O Governo do Estado levou, nesta quarta-feira (25), as ações do Programa Saúde na Praça ao município [...]

Lacen comemora 103 anos de fundação com ação para colaboradores

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen-MA) completou na última sexta-feira, 20, 103 anos de fundação e para [...]

Equipe da rede estadual de saúde emociona paciente com ida à praia para rever o mar

Fotos: Laécio Fontenele “Só de estar aqui com vocês, com toda a equipe que me auxilia, que cuida da minha [...]