11 de abril de 2022

Governo celebra dois anos do Hospital de Cuidados Intensivos com inauguração de ala cirúrgica

Fotos: Laécio Fontenele

“Foi tudo muito rápido, o atendimento que recebi aqui foi muito bom, as pessoas são muito atenciosas e de dez em dez minutos alguém vem aqui saber como estamos. Atendimento realmente de qualidade”, elogiou o policial militar, Samuel Cruz da Silva, de 39 anos. Samuel realizou uma cirurgia para a retirada de uma hérnia umbilical e foi um dos primeiros pacientes do novo centro cirúrgico do Hospital de Cuidados Intensivos (HCI). 

Unidade referência no combate à Covid-19, o Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), que completou dois anos de funcionamento no dia 3 de abril, inaugurou, nesta sexta-feira (8), a ala cirúrgica da unidade. A partir de agora, a unidade vai contribuir para acelerar as cirurgias eletivas, por meio do Programa Mais Cirurgias. A nova ala conta com cinco salas cirúrgicas e terá capacidade para realizar cerca de 30 cirurgias diárias de alta e média complexidade. 

Durante visita à unidade, o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, destacou o trabalho realizado pela unidade durante o período mais crítico da pandemia e a importância da sua integração à rede de saúde da SES. 

“À medida que a demanda da pandemia está diminuindo, principalmente por conta do aumento na vacinação dos maranhenses, estamos ampliando os serviços de assistência à saúde. Por isso, entregamos essa nova ala do centro cirúrgico do HCI para que possamos aumentar ainda mais o número de cirurgias eletivas de alta e média complexidade, de acordo com as determinações do governador Carlos Brandão”, afirmou o secretário Tiago Fernandes. 

O diretor clínico do HCI, Marcus Grangeiro, destacou que, durante o combate à Covid, foram realizados mais de 20 mil atendimentos entre ambulatório e internação hospitalar, e 4.895 mil altas hospitalares de pessoas que foram internadas e venceram a luta contra o novo coronavírus. Agora, a unidade se prepara para um novo momento. 

“Essa é mais uma vitória do SUS. São cinco salas de centro cirúrgico e essas salas irão ajudar a zerar a fila de cirurgias eletivas, vamos dispor de neurocirurgia, cirurgia urológica, vascular e geral. É uma das promessas do nosso governador e eu fico muito orgulhoso do HCI fazer parte disso”, destacou o diretor Marcus Grangeiro. 

O presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), Marcello Duailibe, destacou que essa iniciativa mostra o compromisso do Governo do Estado em incorporar à sua rede mais unidades para tratamento da população. 

“A gente não se acomodou em apenas cuidar dos pacientes com a Covid-19, por isso, também estamos incorporando mais uma unidade para cuidar dos maranhenses, agora, de outros pacientes com outras enfermidades. A Emserh está totalmente mobilizada para cumprir esse desafio de reduzir a espera por cirurgias”, disse Duailibe.

Fotos: Laécio Fontenele

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


Governo leva Saúde na Praça à população da Região de Itapecuru-Mirim

Fotos: Ilano Lima O Governo do Estado levou, nesta quarta-feira (25), as ações do Programa Saúde na Praça ao município [...]

Lacen comemora 103 anos de fundação com ação para colaboradores

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen-MA) completou na última sexta-feira, 20, 103 anos de fundação e para [...]

Equipe da rede estadual de saúde emociona paciente com ida à praia para rever o mar

Fotos: Laécio Fontenele “Só de estar aqui com vocês, com toda a equipe que me auxilia, que cuida da minha [...]