Vacinação contra gripe já atingiu 85% da cobertura no Maranhão

Em todo o Maranhão, a vacina contra gripe atingiu, até o momento, 1.258.597 pessoas. O dado representa 85,20% do público prioritário. O Governo do Estado alerta a população que a meta é continuar vacinando os grupos prioritários até o próximo 22 de junho, principalmente, crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades.

“É muito importante que a população, classificada como público prioritário, procure imediatamente os postos de saúde. A gestão estadual adotou todas as medidas para distribuir o insumo nas regionais de saúde, capacitação de profissionais da rede pública e privada, e o abastecimento das unidades regionais com o medicamento oseltamivir. Contamos com o serviço ativo da Epidemiologia Estadual e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, ampliando o monitoramento de eventuais surtos, epidemias e outras emergências em saúde pública no âmbito Regulamento Sanitário Nacional”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O Departamento de Doenças Imunopreveníveis da SES realizou a dispensação da vacina para as 18 Unidades Regionais de Saúde e Região Metropolitana, abastecendo os municípios com o insumo e fortalecendo as ações preventivas, desde o início da campanha nacional de vacinação contra gripe, 23 de abril deste ano.

A vacina contra influenza contribui para a redução das complicações, das internações e, consequentemente, da mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da gripe, orienta o Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos municípios do Maranhão, a vacinação também poderá ser estendida para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. E, ainda, continuar vacinando os grupos prioritários.

H1N1

A influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Existem três tipos de vírus influenza/gripe que circulam no país: A, B e C, sendo que vacina contra gripe disponibilizada na rede pública protege contra estes tipos de vírus.

fonte: Secretaria de Estado da Saúde (SES)