UPA da Vila Luizão registra mais de 340 mil atendimentos em 2016

UPAA Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Vila Luizão, que também possui um Centro de Especialidades Médicas (CEM), de gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está localizada em uma área que abrange uma população 200 mil pessoas. Apenas de janeiro a maio deste ano, foram realizados na unidade 344.135 mil atendimentos, entre os de urgência adulto e pediátrica, ambulatorial, assistência multidisciplinar, serviço de apoio diagnóstico e terapêutico e demais procedimentos.

Mônica Cristina Melo, moradora do bairro Vila Luizão, foi à unidade com a filha de um ano para uma consulta na urgência pediátrica, na manhã da última sexta-feira (1°). “Há dois dias ela tem febre e está com dificuldades para comer. Hoje, logo que acordamos, resolvi trazê-la para fazer a consulta. É muito bom contar com esse apoio perto de casa. Já estivemos aqui outra vez e gostei do atendimento, foi rápido e fomos bem atendidas”, contou Mônica.

A dona de casa Suzete Araújo está acompanhando o neto de cinco anos, que precisou ficar internado e está sob os cuidados da equipe multiprofissional da unidade. Ela ressalta a satisfação em poder contar com essa assistência em um momento de necessidade. “O atendimento aqui é eficiente. Quando retornamos, a médica rapidamente cuidou dos procedimentos para internação. Observamos que a equipe é muito cuidadosa e isso faz toda a diferença. Posso dizer que nem parece um local público ou que realmente a saúde está mudando e estamos diante de outra realidade aqui na Vila Luizão”, disse Suzete Araújo.

Segundo o diretor geral da unidade, Ricardo Lima, a reestruturação e a qualificação dos serviços é um processo que, neste governo, tem sido priorizado desde o início da gestão. “Recebemos toda atenção para que a nossa unidade fosse ampliada e tivesse melhores condições para oferecer um serviço de qualidade à população. Além do atendimento de urgência, contamos com mais de sete especialidades médicas. Com isso, pretendemos sempre atender de maneira humanizada e de forma resolutiva”, pontuou o diretor.

Sempre que precisa de atendimento médico, a balconista Letícia Lima recorre à UPA da Vila Luizão. “Não é a primeira vez que venho a essa UPA. Sempre sou atendida rapidamente e por profissionais cuidadosos e prestativos. Sabemos que antes não era assim. Era difícil conseguir atendimento e não era tão rápido como vemos hoje”, explicou Letícia.

Estrutura

No Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Ministério da Saúde (MS), a UPA é referenciada como Hospital Geral da Vila Luizão, dada a sua unificação com o Centro de Especialidades Médicas. Sendo assim, a população passou a contar, a partir de 2016, com uma unidade de porta aberta (que atende pacientes de urgência e emergência) e que possui estrutura para exames especializados e internação.

Ao todo, a unidade conta com 40 leitos de clinica geral, 10 leitos de UTI Adulto, dois de isolamento e dez leitos de clínica pediátrica. O Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) realiza exames de análises clínicas, raios-X, ultrassonografia e eletrocardiograma, todos em equipamentos com tecnologia de ponta. Além disso, são ofertadas no atendimento ambulatorial assistências nas áreas de dermatologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, ortopedia e traumatologia, pediatria e reumatologia.

A assistência multidisciplinar envolve a enfermagem, fisioterapia, nutrição e assistência social. Os demais procedimentos consistem na administração de medicamentos, aferição de pressão arterial, curativos, glicemia capilar, nebulização, preventivo, suturas, dentre outros. Juntos, esses procedimentos contabilizaram 87.092 atendimentos de janeiro a maio. No ambulatório, foram 21.587 atendimentos, no SADT cerca de 131.334, assistência multidisciplinar, 74.601, e atendimentos de urgência 29.521, sendo no mês de abril o maior registro de casos de urgência, com 5.893 atendimentos realizados.