Voluntários atendem apelo do Hemomar e doam sangue durante Carnaval

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), em São Luís, abriu as portas durante a folia momesca, e, mesmo em meio a folia, muitas pessoas tiraram um tempo para doar sangue.

O mecânico João Batista deixou a folia de lado para realizar esse importante gesto de solidariedade. “Procurei o Hemomar porque tive notícias que o estoque estava baixo, então preciso ajudar o meu estado. Doar sangue é um gesto de amor, faz bem para minha saúde e para os meus irmãos maranhenses”, ressaltou.

O centro funcionou no sábado (22) e segunda-feira (24), durante o Carnaval. Na quarta-feira de Cinzas, a coleta de sangue foi retomada no período vespertino, das 13h às 18h. Todo o esforço é para permitir que o estoque de bolsas de sangue não fique em uma situação ainda mais crítica, já que existe a necessidade reposição do estoque, principalmente em períodos festivos, como é o caso do Carnaval.

“O nosso estoque se encontra muito baixo. É importante falar que não existe nenhum produto que substitua o sangue humano, nós sempre precisamos da solidariedade das pessoas. Fazemos sempre esse apelo, para que o Hemomar possa cumprir a sua principal missão que é a de salvar vidas e atender a demanda transfusional do estado. Vamos sempre pensar no próximo e nos ajudar. Sangue é vida”, reforçou Ana Penha, assistente social do Hemomar.

O Hemomar, administrado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), funciona de segunda a sexta das 8h às 18h e sábado das 8h às 12h e fica localizado na Rua 5 de Janeiro, no bairro Jordoa, em São Luís.