Setembro Amarelo é lembrado no Hospital Genésio Rêgo com palestras sobre saúde mental e emocional

Em alusão a campanha Setembro Amarelo, mês de combate ao suicídio, os profissionais do Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Hospital Genésio Rêgo, juntamente com o Instituto Superação, realizaram uma palestra sobre o assunto na unidade de saúde, gerenciada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

“À medida que mais pessoas passam a entender e multiplicar informações e orientações sobre o assunto, mais pessoas saberão lidar com a situação ou até mesmo identificar alguns sinais de alerta. Vão poder ajudar a dar o encaminhamento a um profissional especializado, caso necessário”, alertou a diretora administrativa do Hospital Genésio Rêgo, Aline Almeida.

Entre os temas abordados destaque para a valorização, segredo e essência da vida. Com uma dinâmica criativa o presidente do Instituto Superação, Ozéias Miranda, expôs o quanto os desafios cotidianos podem interferir na estrutura emocional das pessoas.

“Isso impacta diretamente na saúde, como estamos emocionalmente. O lado emocional, a saúde mental está diretamente ligada à saúde física. Está de bem com as duas é fundamental”, frisou Ozéias Miranda.

A outra palestra foi proferida por Marília Rodrigues, também representante do Instituto. A psicóloga trouxe a reflexão sobre a valorização da vida com ações como estar bem consigo mesmo e como o acolhimento da base familiar pode ser importante para superar os desafios impostos pela vida.

“Através de dinâmicas, vídeos e rodas de conversas, avançamos nesse debate tão importante, que está relacionado a depressão, ao suicídio e todo o trabalho com o lado emocional das pessoas. Acreditamos que momentos como esse que tivemos no Hospital Genésio Rêgo, vêm para orientar e alertar tais comportamentos que podem ser indicações de pedidos de socorro”, explicou a psicóloga.