Semana Mundial do Aleitamento Materno do HRMI de Imperatriz mobiliza e conscientiza mães sobre a importância da amamentação

01 - Semana do Aleitamento MaternoCom uma intensa programação, o Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz, unidade de saúde administrada pela Emserh, realiza até domingo (7), a Semana Mundial do Aleitamento Materno. Uma série de ações que tem por objetivo celebrar a Semana Mundial do Aleitamento Materno e conscientizar sobre a importância da amamentação está sendo realizada no hospital e em áreas da cidade.  “Este ano, nossa Semana Mundial do Aleitamento Materno tem por tema “Amamentação: Uma chave para o Desenvolvimento Sustentável”. Nossa programação foi toda pensada a partir deste tema e, com isso, buscamos fortalecer o título de Hospital “Amigo da Criança”, aumentar o número de doadoras e incentivar o aleitamento materno”, explicou Lívia Fernanda, enfermeira do Banco de Leite do Materno de Imperatriz.

A programação teve início no sábado (30), com uma blitz na Avenida Dorgival Pinheiro de Souza, no Centro de Imperatriz, com o objetivo de informar o máximo de pessoas sobre o início da Semana de Aleitamento. Por meio da distribuição de materiais gráficos, a equipe do hospital buscou sensibilizar a população sobre a importância da amamentação e adesivos com a logomarca da campanha. A estimativa foi de que cerca de 1000 pessoas foram abordadas durante a blitz.

Já a abertura oficial da campanha, aconteceu na maternidade do HRMI, na segunda-feira (01), com o acolhimento de mães doadoras que foram presenteadas com latas de leite recicladas, simbologia que visou reforçar a orientação de que a amamentação deve ser o único alimento do bebê até os seis meses de vida. Palestras tanto no hospital quando em postos de saúde do município e mais cinema e até um dia de beleza para agraciar as mães doadoras do banco de leite do materno de imperatriz estão na programação que vai até o domingo (07)

“Pensamos cada dia da programação com o objetivo de valorizar as doadoras, por isso, além de informação pensamos momentos que pudessem oferecer a elas bem estar. E, claro, que o objetivo principal foi orientá-las sobre a doação de leite materno”, disse a enfermeira.

Banco de leite do Materno de Imperatriz

Para Bruna do Nascimento Moura, que é doadora do Banco de Leite do Materno de Imperatriz, além de ser um ato de amor, amamentar é o que garante a saúde do bebê. Atualmente considerada a maior doadora do banco de leite, ela fornece 1.000 ml/dia. “Para mim, amamentar é a maior prova de amor que podemos dar ao nosso bebê, pois o leite materno é rico em proteínas, protege o bebê de muitas doenças e garante saúde a ele”, disse.

Atendendo pacientes de vários municípios das regiões norte e sudoeste do Maranhão, além do Tocantins, o banco de leite do Hospital Materno Infantil de Imperatriz necessita, em média, de dez litros de leite materno por dia e o estoque precisa ser reabastecido cotidianamente para dar conta da demanda.

De acordo com Fabiana Galeno, coordenadora do Banco de Leite do Materno de Imperatriz, lá são atendidas mães com dificuldades na amamentação, mães com problemas mamários (excesso ou ausência de leite) e mães com bebês na UTI Neonatal e o acesso das mulheres a esse serviço oferecido pelo HRMI é facilitado pelo deslocamento da equipe até a paciente.

“A mãe que tiver em casa, já tiver ganho bebê e identificar que sua produção é superior ao que o bebê precisa diariamente é só entrar em contato com o HRMI, através do 3525 4518, que a equipe do banco de leite irá até essa mãe e dará todo o suporte necessário”, explicou a coordenadora.