Região de Presidente Dutra é beneficiada com reforma do Hospital Regional

Uma população estimada de 250 mil pessoas de 17 municípios é diretamente beneficiada com o Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra. Levando em consideração a importância da unidade de saúde para a região, o Governo do Estado investiu na reforma do hospital, conhecido no município como Socorrão.

Pacientes atendidos no hospital, como a moradora do município de Dom Pedro, Angélica Agda, de 23 anos, já observam as melhorias no atendimento. “Além da aparência que melhorou bastante, gostei muito do atendimento na recepção. Estou muito satisfeita com o atendimento”, disse. “Achei excelente a reforma. Se compararmos como estava antes, vemos que hoje está muito diferente e muito melhor. Aqui somos muito bem recebidos”, acrescentou Francivaldo dos Reis, 42 anos.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforça que a intenção do poder público estadual é fortalecer a oferta de serviços de alta complexidade na região. “Compreendemos que o Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra dá uma assistência indispensável à população desta área do estado. Por isso, estamos investindo na melhoria desse equipamento, para oferecer uma estrutura mais adequada para o atendimento aos pacientes”, explica.

Os serviços no hospital incluíram a reforma nas instalações elétricas e hidráulicas, climatização amadeiramento, de 1.600 m² de paredes e 1.500 m² de piso; a pintura de 12 mil m²; o revestimento cerâmico de banheiros e enfermarias; e a substituição das esquadrias, portas e janelas; também são serviços que fazem parte do processo de revitalização da unidade, executado em parceria com a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) das enfermarias e melhorias nos banheiros.

As mudanças na unidade interferem positivamente na qualidade do atendimento dispensado aos pacientes. A diretora geral do Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra, Daniela Jadão, conta como a reforma da unidade de saúde beneficiará a população. “Com a reforma, teremos melhores condições de receber os pacientes. Esta é uma ação que oferecerá maior comodidade e conforto a quem precisa dos serviços do hospital”, diz.

O hospital possui 100 leitos de internação e realiza, em média, 800 procedimentos cirúrgicos por mês, mais de 2 mil atendimentos em consultas médicas e mais de 20 mil exames no Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT).

Além dos exames, a unidade oferece Serviço de Pronto Atendimento (SPA) em Clínica Médica, Clínica Pediátrica, Clínica Cirúrgica, Clínica Ortopédica e Endoscopia e internação hospitalar em Clínica Ortopédica, Clínica Cirúrgica Pediátrica, Clínica Médica.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde