Programação especial comemora Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Ações de saúde foram realizadas no CER Olho d’Água. (Foto: Rogério Sousa)

Em alusão ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, o Governo do Maranhão disponibilizou, na manhã desta segunda-feira (3), uma série de serviços básicos de saúde aos usuários do Centro Especializado em Reabilitação e Promoção da Saúde do Olho d’Água (CER Olho d’Água).  A ação contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de São Luís.

Aferição de pressão arterial, teste de glicemia, orientações nutricionais e bucais, roda de conversa sobre câncer de colo de útero e prevenção de acidentes domésticos, agendamento para exames de mamografia, teste de acuidade visual, auriculoterapia, reiki, reflexologia e a realização de exame preventivo foram as principais atividades oferecidas na unidade.

A diretora administrativa do CER Olho d’Água, Ana Eugênia Furtada, explica que a ação foi pensada para os pacientes e acompanhantes que realizam na unidade alguma atividade, seja consulta ou modalidade física.

“A segunda-feira começou diferente hoje no CER. A parceria com a Semus possibilitou a oferta de serviços da atenção básica a muitos dos pacientes que deixam de lado este cuidado com a saúde. Aproveitamos o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência para alertar sobre como evitar acidentes domésticos e teste de visão”, disse.

A superintendente de Ações em Saúde da Prefeitura, Sabrina Araújo, destacou a importância da parceria ser realizada em uma unidade com intenso fluxo de pacientes. “O CER reúne diversos serviços essenciais a população e nada mais proveitoso do que promover este tipo de ação diversificada em uma das unidades mais movimentadas do estado”, comentou.

A dona de casa Maria Neidiomar realiza sessões de fisioterapia na unidade. Na ação, consultou e agendou a mamografia. “Muito bom poder agendar o exame para uma unidade perto da minha casa. Confesso que se não tivesse esta chance de agendar aqui, eu não faria mais este ano”.

Maria Joana Santos se queixava de problemas na detecção na forma dos objetos. “Há muito tempo eu não consigo enxergar alguns detalhes das coisas. Entre o intervalo de uma aula e outra fiz o teste e tirei a dúvida”, contou. O exame de acuidade visual é um dos testes de avaliação ocular. Quando uma pessoa apresentar alterações na visão. Ele detecta o grau de aptidão do olho para perceber os detalhes espaciais, ou seja, se a pessoa consegue ou não discriminar a forma e o contorno dos objetos.

Reabilitação visual

No dia 24 de outubro foi entregue o serviço inédito de Reabilitação Visual para crianças, adultos e idosos com problemas visuais, como cegueira ou baixa visão. O atendimento do serviço de Reabilitação Visual conta com equipe formada por médico oftalmologista e terapeuta ocupacional, com experiência e formação na área de reabilitação visual. O serviço funciona de segunda à quinta-feira, nos turnos da manhã e tarde.

Durante as avaliações, são identificadas situações, onde se faz necessário a intervenção psicológica, em função do ‘luto’ causado pelo comprometimento visual, o paciente é encaminhado ao atendimento psicológico. Assim como, para intervenção do psicopedagogo, em relação a problemas de aprendizagem.

Especialidades no CER

O CER Olho d’Água oferece atendimento nas áreas de fisioterapia, psicologia, educação física, terapia ocupacional, assistência social, psicopedagogia, hidroginástica, fonoaudiologia, dança, academia, acupuntura, pilates, nutrição, neuropediatria, dentre outras especialidades.

FALA, POVO

“Meu filho veio para consultar e aproveitei para ouvir as orientações sobre saúde bucal. Não sabia a maneira certa de usar o fio dental, parei para ouvir. Também vou agendar mamografia. Quero usufruir de todos os serviços”. Andressa Santos, dona de casa.

 

“João é muito peralta, gosta de brincar com animais e já sofreu alguns acidentes domésticos. Por isso, ao passar pelo corredor chamou minha atenção as orientações da assistente social. Esta ação movimenta a unidade e promove troca de informações”. Paula Portela, técnica de enfermagem.

 

“Para quem está acima do peso é importante sempre ouvir as dicas de um nutricionista. Enquanto minha sobrinha estava em atendimento com fonoaudióloga, eu aguardo na fila da nutrição para tirar umas dúvidas sobre alimentação”. Maria Cristiane Sousa, diarista.

“Minha vista está um pouco embaçada. Aí o professor de educação física me orientou a fazer o teste da visão enquanto a aula de alongamento não começa. Esta manhã está sendo resolutiva porque na própria unidade vou conseguir fazer tudo”. Maria da Conceição Freitas, aposentada.