17 de junho de 2022

Policlínica do Diamante promove ação alusiva ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

Por Vanessa Ribeiro

Idosos atendidos no Espaço Diabético e na cardiologia da Policlínica do Diamante, serviço vinculado à rede de unidades da Secretaria de Estado da Saúde, participaram de ações alusivas ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A unidade de saúde realizou palestras, vacinação, aferição de pressão e teste de glicemia. 

“É importante a gente informar não apenas o idoso, mas também a família em relação aos direitos e, sobretudo, para que conheçam os tipos de violência a que estão sujeitos na rua ou até mesmo em casa”, pontou Cheslúzia Farias, diretora geral da Policlínica Diamante.    

Atualmente, a unidade de saúde, gerenciada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), realiza cerca de 1.352 atendimentos por mês no Espaço Diabético e na cardiologia e a maioria dos pacientes tem idade acima de 60 anos. 

Dona Maria de Jesus Nunes, de 83 anos, é uma das pacientes que aproveitou a ação para atualizar a carteira de vacinação e conhecer um pouco mais sobre seus direitos. “Eu acho muito bom participar de momentos como este porque a gente aprende um pouco mais sobre nossos direitos e também a identificar se está sendo vítima de algum tipo de violência”, afirmou a idosa. 

Dona Rita Mara Silva, de 62 anos, também assistiu as palestras e aprovou a ação. “Eu acho muito importante a gente se inteirar das coisas. Hoje, aqui, além de entender mais sobre os tipos de violência que a gente está sujeita, aproveitei para tomar minha quarta dose da vacina contra Covid”, contou. 

A coordenadora estadual da Política da Pessoa Idosa da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Débora Jataí, foi uma das palestrantes e destacou que a maioria dos casos de violência contra o idoso ocorre dentro de casa. “O idoso é o veículo que a gente espera que, ao identificar, primeiro diga não e depois possa denunciar para as autoridades competentes para que essa pessoa que faz a violência seja punida. Muitas vezes é um familiar, o que dificulta mais a denúncia. Hoje é um dia que a gente não espera comemorar, mas infelizmente ainda é uma realidade mais do que dolorosa dentro das famílias onde os idosos estão”, ressaltou.  

O promotor especializado na pessoa idosa, Augusto Cutrim, lembra que a população está envelhecendo, por isso é fundamental trazer à sociedade o conhecimento que existe violência contra este público. “Nós temos todo um contexto de violência que acaba implicando nesta população que, muito em breve, será o maior número no nosso país e no mundo. Atualmente existem mais idosos do que jovens com menos de 20 anos, então temos que nos preparar para receber esta população, para que possamos ter uma velhice digna, ativa, autônoma e independente”, ressaltou o promotor, que pontuou ainda que a promotoria recebe diariamente cerca de duas a três denúncias de violência contra a pessoa idosa.

Categorias de violência

Dentre as principais violências cometidas contra a pessoa idosa, estão a patrimonial financeira, que é quando as pessoas se apropriam do dinheiro e bens; a violência psicológica, quando o idoso não é ouvido ou não é lembrado pela família, o que pode causar doenças como depressão e outras comorbidades que começam por causa desse abandono familiar. Além da violência física, com beliscões, tapas ou até agressões mais graves. 

Denúncias

Para denunciar a violência contra o idoso, basta procurar a Defensoria Pública, a Delegacia do Idosos ou ligar para o Disque 100.

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


Governo disponibiliza drive-thru de testagem para a Covid-19 a partir de segunda-feira (4)

Por Daucyana Castro O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai disponibilizar, a partir [...]

Governo reduz espera de maranhenses por procedimentos oftalmológicos com o Programa Mais Cirurgias

Com o Programa Mais Cirurgias, o Governo do Estado tem ampliado a oferta de procedimentos oftalmológicos pelo Maranhão e, assim, [...]

UPA de Paço do Lumiar celebra dois anos de funcionamento com mais de 200 mil atendimentos

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paço do Lumiar completou, em 23 de junho, dois anos de funcionamento, contabilizando [...]