Hospital Ruth Noleto de Imperatriz promove mutirão com quase 1.300 cirurgias

Mutirão de cirurgias no Ruth Noleto começou nesta segunda(9)
Foto Divulgação

O hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto de Imperatriz, unidade gerida pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), deu início nesta segunda-feira, 9, a um grande mutirão de cirurgias eletivas (programáveis) nas áreas de Ginecologia, Cirurgia Geral, Urologia e Oftalmologia. Até o fim do ano quase 1.300 procedimentos cirúrgicos estão agendados para serem feitos na unidade, atendendo as demandas de mais de 40 municípios da região Tocantina, no sul do estado.

Os custos operacionais das cirurgias serão cobertos por meio de emenda parlamentar de R$ 1 milhão, destinada pelo deputado estadual professor Marco Aurélio (PC do B).  

“Desde sua chegada à Assembleia Legislativa, o deputado Marco Aurélio tem sido um parceiro importante das ações da secretaria estadual de Saúde”, destaca o secretário da SES, Carlos Lula. “A emenda do parlamentar será providencial para conseguirmos atingir as metas de cirurgias eletivas na região e ajudará aqueles que mais precisam. Parcerias como essa são sempre muito importantes para que possamos atender ainda melhor a população maranhense”, reforça Carlos Lula.

“Fico feliz em ajudar na realização desse mutirão que vai desafogar a grande fila de cirurgias existente hoje no Ruth Noleto, hospital público estadual responsável pela demanda de saúde de 43 municípios localizados no entorno de Imperatriz”, destaca o deputado Marco Aurélio. “Será um reforço ao trabalho de excelência desenvolvido pelo governo do estado na saúde da região Tocantina. Mais de mil pessoas serão beneficiadas por essa parceria”, completa.

Mutirão realizara perto de 1.300 cirurgias
Foto Divulgação

Etapas

O mutirão de cirurgias eletivas do Hospital Macrorregional de Imperatriz, iniciado nesta segunda-feira, será feito em duas etapas. A primeira, entre os dias 9 deste mês e 5 de outubro, contempla procedimentos nas áreas de Ginecologia e Cirurgia Geral, entre eles, histerectomia(retirada de útero), perineoplastia (reconstituição da musculatura do períineo) e colecistectomia (retirada da vesícula). Ao todo está prevista a realização de 420 cirurgias nas duas especialidades.

A segunda etapa do mutirão será realizada em outubro, entre os dias 7 a 26, e contempla cirurgias urológicas e oftalmológicas, entre as quais, cirurgia de ressecção transuretral da Próstata (RTU), retirada de Catarata e de Pterígio (carne no olho). Nessa última etapa do mutirão serão realizadas perto de trezentas cirurgias.

De acordo com o diretor clínico do hospital Ruth Noleto, Wesley Garcia, as equipes médicas e profissionais da unidade estão empenhando todos os esforços para realizar esse novo mutirão de importância significativa para a saúde da região. “Temos uma equipe preparada, estrutura e equipamentos de ponta, e por todos esses cuidados peculiares, temos certeza do sucesso dessa grande iniciativa“, prevê o médico.

Saiba mais:                                         

MUTIRÃO DE CIRURGIAS ELETIVAS
HOSP. MACRORREGIONAL DE IMPERATRIZ
PROGRAMAÇÃO
PERÍODO ESPECIALIDADE MÉDICA / CIRURGIAS PREVISTAS
9 a 21 de setembro Ginecologia 220
23 de setembro a 5 de outubro Cirurgia Geral 200
7 a 19 de outubro Urologia 70
25 e 26 de outubro Oftalmologia 268 cirurgias

Fonte: Núcleo de Comunicação e Marketing da EMSERH