Hospital Regional de Timbiras realiza primeira cirurgia reparadora de lábio leporino

Cirurgia é inédita da unidade de saúde (Foto: Divulgação)

O Hospital Regional de Timbiras, gerido pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares(EMSERH), realizou este mês um procedimento cirúrgico inédito na unidade:, a reparação do lábio leporino. A cirurgia plástica reparadora foi feita em uma menina de 8 anos pela equipe médica da unidade estadual e consistiu em corrigir parte das malformações congênitas e restaurar funções como comer, falar, ouvir e respirar, prejudicadas pela formação incompleta do lábio superior (fissura) e palato.

Segundo o cirurgião geral e plástico da unidade, Hélio Wilson, foi a primeira cirurgia ao qual a pequena Maria Clara será submetida. Ela ainda precisará fazer reparação do nariz, 90 dias após a primeira cirurgia, e da fenda palatina (teto da boca), em 180 dias.

“Na consulta de retorno já se observava Maria Clara mais alegre, estava falante. Nós da equipe médica nos sentimos valorizados. É Deus nos dando uma missão. Fico contente. O Hospital Regional de Timbiras está recebendo muitos pacientes de outros lugares. Hoje, o hospital é bem visto pela população”, explicou o cirurgião Hélio Wilson.

Menina de 8 anos fez a cirurgia de reparação do lábio leporino no Hospital Regional de Timbiras (Foto: Divulgação)

Natural de Caxias, a mãe da criança, Sônia Maria da Conceição, conta que a filha já havia feito duas cirurgias no Piauí, mas desde então não conseguiu mais.

“Fui muito bem recebida pela equipe do Hospital Regional de Timbiras, que vai terminar todas as cirurgias que precisam. Só tenho o que agradecer, estou muito feliz por mim e por minha filha”, comentou.

Para o diretor administrativo do Hospital Regional de Timbiras, Sansão Pinheiro, o novo procedimento amplia a política de assistência à saúde pública na região.

“Diminuímos, dessa forma, o êxodo de pacientes para a capital, São Luís, e o tempo na fila de esperar por procedimentos do tipo lá. Além disso, garantimos qualidade de vida e bem-estar aos pacientes que não tinham acesso a cirurgias especializadas”, destacou.

Atendendo a Regional de Saúde de Codó, o Hospital Regional de Timbiras possui 50 leitos e realiza uma média de 250 cirurgias por mês, nas especialidades de ginecologia, obstetrícia, plástica reparadora, pediatria, urologia, vascular, videolaparoscopia e cirurgias gerais. Faz ainda atendimento ambulatorial em clínica médica, pediatria, obstetrícia e ginecologia.

Lábio leporino e fenda palatina

Lábio leporino e fenda palatina estão entre as malformações congênitas mais comuns que afetam as crianças. É uma abertura no lábio ou no palato, podendo ser completa, lábio e palato. Essas aberturas resultam do desenvolvimento incompleto do lábio e/ou do palato (céu da boca), enquanto o bebê está se formando, antes de nascer.