Governo propõe criação de Instituto de Infectologia e Hospital de Doenças Infectoparasitárias

O Governo do Estado propôs à Assembleia Legislativa a criação de um equipamento de saúde destinado ao tratamento e estudo de doenças tropicais com ênfase nas endemias do Maranhão, através da instalação do Instituto Maranhense de Infectologia e do Hospital de Doenças Infectoparasitárias. O instituto e o hospital funcionarão no prédio do Hospital Dr. Genésio Rêgo, após a pandemia da Covid-19. A proposta foi enviada pelo governador Flávio Dino à Assembleia Legislativa para apreciação.   

“No prédio que recuperamos na Vila Palmeira, e que hoje atende casos de coronavírus, desejamos instalar o Instituto Maranhense de Infectologia e o Hospital de Doenças Infectoparasitárias. Envio agora o projeto de lei à Assembleia Legislativa”, disse o governador Flávio Dino em rede social. 

A unidade de doenças tropicais, que será um dos legados dos investimentos feitos contra o coronavírus, contará com leitos de internação, ambulatório e um centro de pesquisa de doenças como dengue, zika, malária, leishmaniose, febre amarela, dentre outras. O Centro atuará em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e institutos como Butantan e Evandro Chagas. 

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destaca a importância dessa iniciativa para o futuro científico do Maranhão. “Trata-se de algo inédito que auxiliará no tratamento dessas doenças e novas pesquisas no estado. A assistência contará com parcerias de outras instituições, como o Evandro Chagas, no Pará. O espaço funcionará com atendimento hospitalar e ambulatorial voltado para doenças tropicais”, pontua Carlos Lula. 

Especialistas da área receberam a informação com entusiasmo e relatam a necessidade de desenvolvimento de atividades ambulatoriais e de pesquisa tendo como foco as endemias no Maranhão. 

“Diante de todo esse cenário regional, nacional e internacional, quando falamos de doenças que ultrapassam essas fronteiras geográficas, nós temos que nos preparar com um hospital de excelência para o tratamento das doenças infectocontagiosas. Por isso, a necessidade de um hospital para o diagnóstico, tratamento e internação com equipe preparada e especializada com um bom laboratório para o tratamento dessas patologias”, ressalta a infectologista Conceição Pedroso.

FONTE: SES/MA