Governo oferecerá serviços na área de oncologia pediátrica em Imperatriz

Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz. Foto: Francisco Campos/SES

Com o objetivo de fortalecer as ações de prevenção e combate ao câncer na região Tocantina, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), passará a oferecer serviços na área de oncologia pediátrica no município de Imperatriz. O atendimento será executado através de um aditivo ao contrato do poder público estadual com o Hospital São Rafael. Com a proposta, o poder público estadual visa combater a doença também no interior do estado, ampliando o acesso ao tratamento.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, contou que o investimento atende a uma demanda da população. “Estamos oferecendo um serviço especializado que tem sido demandado pela região. Viabilizamos a oferta da oncologia pediátrica através da ampliação do contrato com o Hospital São Rafael. Com isso, reforçamos o combate à doença e damos à população da região Tocantina oportunidade de acesso ao tratamento, estendendo a assistência ao interior do estado”, destacou o secretário.

O valor do aditivo ao contrato é de R$ 205.402,23, o que resulta em um investimento anual de mais R$ 1.027.011,88. Os serviços adicionais incluem assistência oncológica pediátrica clínica e cirúrgica, com o suporte de leitos de UTI. De acordo com o contrato, o Governo já investe mensalmente R$ 821.609,65. Com o aditivo, o poder público estadual passará a investir mensalmente R$ 1.027.011.88 nos serviços.

A iniciativa é fruto de uma demanda da própria região que, agora, contará com o atendimento especializado na área de oncologia pediátrica, facilitando o acesso a quem precisa de tratamento. Só no Hospital Aldenora Bello, em São Luís, 38 pacientes na faixa etária de 0 a 17 anos são moradores do município de Imperatriz e foram atendidos na unidade de saúde em 2017. Com o novo serviço, a proposta é favorecer cidadãos como esses, e, através de uma nova triagem, poder atender novos pacientes.

Através da parceria, por meio de contrato com o Hospital São Rafael, o Governo do Estado já oferece na região assistência hospitalar e ambulatorial de média e alta complexidade, que incluem internações e procedimentos como consultas, exames, cirurgias e quimioterapia. O hospital oferece serviços de radioterapia, tomografia, ultrassonografia, endoscopia, fisioterapia, medicina nuclear, patologia clínica, ressonância magnética entre outros.

A unidade disponibiliza também uma central de quimioterapia, para integrar o processo de preparo e aplicação de medicamentos quimioterápicos. O hospital conta ainda com médicos como coloproctologista, ginecologista, mastologista, urologista, neurocirurgião, oftalmologista, ortopedista, cirurgião plástico, pediátrico e torácico, além de profissionais como enfermeiros, farmacêutico, técnicos em enfermagem e auxiliares administrativos.

Powered by WPeMatico