Governo inaugura hospital em Loreto e autoriza implantação do Serviço de Hemodiálise em Balsas

Neste sábado (14), como parte do pacote de ações nas áreas da infraestrutura, saúde e cidadania entregues neste fim de semana em municípios da região Sul do Maranhão, o governador Flávio Dino esteve em Loreto, onde inaugurou a obra de reconstrução e adequação do Hospital Municipal da cidade. Em seguida, Dino foi a Balsas para assinar a ordem de serviço do Serviço de Hemodiálise, equipamento que vai beneficiar a população de 14 municípios da região.

Em Loreto, além da inauguração do hospital, Flávio Dino entregou 100 títulos de regularização fundiária a famílias do povoado Buritirana, ação do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma). Na cidade, o governador também assinou ordem de serviço para a construção de um sistema de abastecimento de água para o bairro Aroudão.

O Hospital Municipal de Loreto possui 20 leitos, centro cirúrgico, ala pediátrica e maternidade. A unidade contará com cerca de 80 profissionais da área da saúde e uma extensão da Casa Ninar, para atendimento de crianças com microcefalia congênita. A obra é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Loreto e o Governo do Maranhão, por meio das secretarias de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e da Saúde (SES).

“Mais uma unidade do sistema de saúde com dignidade, com decência, para acolher a todos gratuitamente, todas as pessoas, de igual modo, fazendo com que o cidadão e a cidadã de Loreto se sintam respeitados, valorizados e protegidos por esse novo hospital”, disse o governador Flávio Dino.

O prefeito de Loreto, Mafren Bringel, destacou a parceria exitosa entre município e Estado. “O governador não tem medido esforços para ajudar esse povo que tanto precisa de apoio, para que a gente possa estar dando melhores dias ao nosso povo”, ressaltou Bringel.

Kemerson Nunes mora em frente ao hospital. Ele aprovou a melhoria nos serviços e falou sobre a facilidade de morar próximo a uma unidade qualificada de saúde. “Muito bom ter essa reforma aqui na cidade. A estrutura está bem bonita e o atendimento com qualidade fica perto da gente”, ressaltou Kemerson.

Benigo Costa também mora em Loreto e falou sobre a importância da inauguração do equipamento para a cidade, já que o hospital conta com serviços de urgência e emergência.

“É importante, porque a gente pode logo ser atendido. Para mim, está bom demais. Antes nós não tínhamos nada disso”, comemorou.

Hemodiálise em Balsas

Em seguida, Flávio Dino foi a Balsas, onde assinou ordem de serviço para a implantação do Serviço de Hemodiálise de Balsas, equipamento que vai beneficiar a população de 14 municípios da região.

Em Balsas, Flávio Dino também assinou ordem de serviço para implantação de um Sistema de Abastecimento de Água no povoado Assunção, beneficiando 100 famílias, bem como, termo de cooperação entre os governos estadual e municipal para implantação do Restaurante Popular de Balsas.

O Serviço de Hemodiálise de Balsas terá capacidade para realizar até 700 atendimentos ao mês, com dez pontos de atendimento para diálise.

De acordo com o governador Flávio Dino, já na próxima semana as obras do Serviço de Hemodiálise serão iniciadas e o prazo de conclusão da obra é de cerca de seis meses. Ainda, segundo o governador, o Restaurante Popular de Balsas deve entrar em funcionamento em fevereiro de 2020. Para Flávio Dino, estas obras dão continuidade à série de ações estaduais no município.

“Temos um conjunto de ações muito amplo e vamos continuar. Passo a passo, a gente vai conseguindo concluir todos os nossos objetivos e, graças a Deus, mais uma vez fomos bem recebidos aqui na cidade de Balsas e temos muita confiança na parceria com a prefeitura municipal liderada pelo prefeito Erik”, pontuou o governador.

O prefeito de Balsas, Dr. Erik, elogiou a iniciativa do governador Flávio Dino em atender essa demanda histórica na área da região Sul do Maranhão, que é a oferta do serviço de hemodiálise.

“Várias cidades dependem disso e finalmente o governador, com a sensibilidade que ele tem, está fazendo o que esperamos por várias décadas. A gente agradece por tudo isso”, afirmou o prefeito.

Para Maria Aparecida, representante do grupo de familiares de pacientes que fazem hemodiálise, a assinatura da ordem de serviço renova as esperanças de famílias e pacientes com doenças renais que vivem na região Sul do Maranhão.

“Com certeza vai dar uma nova esperança para os pacientes que precisam deixar a sua cidade, assim como vai amenizar o sofrimento daqueles que precisam se descolar em busca de tratamento”, concluiu.

FONTE: Governo do Estado