Governo entrega reforma de UTI Neonatal no Hospital Macrorregional de Coroatá

Por Daucyana Castro

O Governo do Estado reformou a UTI Neonatal do Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá. No início da pandemia, a UTI foi realocada dentro do hospital, para dar espaço aos leitos específicos para tratamento da Covid-19 e agora retornou ao local de origem, porém reformado. O espaço foi entregue na última semana após adequações, favorecendo o atendimento aos recém-nascidos, auxiliando no tratamento de prematuros que apresentam alguma situação adversa ao nascer.

“A reforma realizada no mês de outubro incluiu mudança de parte das instalações elétricas do prédio, pintura completa e substituição de louças e metais”, explicou Jessyca Xavier, gerente de Engenharia e Manutenção em exercício da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), que administra a unidade de saúde. 

A UTI do Macrorregional de Coroatá atende a uma grande demanda na região, recebendo, também, via regulação, os bebês que necessitam serem monitorados e tratados com precisão nas situações consideradas graves ou com alguma descompensação orgânica. 

“A UTI Neonatal do Macrorregional de Coroatá agora retornou para o seu lugar de origem, possibilitando um acolhimento adequado às mães e seus bebês e também aos profissionais que atuam na UTI”, explicou a diretora administrativa da unidade de saúde, Cleene Guimarães dos Santos.

O Hospital Macrorregional de Coroatá possui 10 leitos de UTI neonatal com estrutura ideal para atender os bebês que nascem na unidade ou mesmo que sejam encaminhados de outras unidades de saúde do estado. Além da assistência aos bebês, a unidade de saúde continua oferecendo tratamento para os pacientes com Covid-19, e já retornou o atendimento em ambulatório e cirurgias eletivas.