10 de setembro de 2021

Governo do Estado leva Mutirão da Segunda Dose contra a Covid-19 para a Cidade Olímpica

Foto: Laécio Fontenele

FONTE: SES / MA

Nos dias 10, 11, 12, 18 e 19 de setembro, a Secretaria de Estado da Saúde realiza o Mutirão da Segunda Dose contra a Covid-19, no bairro da Cidade Olímpica, em São Luís. A ação acontece no Centro Educa Mais Padre José Bráulio Sousa Ayres e pretende imunizar as pessoas que receberam a primeira dose em junho deste ano. 

“Já são mais de 4 milhões de maranhenses vacinados com a primeira dose em todo o estado, contudo, ainda temos um número pequeno de pessoas com o ciclo completo de imunização, menos de 2 milhões. Dessa forma, o nosso esforço é para aumentar esse quantitativo fazendo o chamamento da população para receber a vacina, a fim de termos de controlar a doença no estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

Durante os cinco dias, o Mutirão da Segunda Dose funciona das 8h às 16 horas. Ao chegar no local, o indivíduo deve ter em mãos CPF, Cartão do SUS e de aplicação da primeira dose. 

No mês de junho, quando o Governo do Estado realizou o Arraial da Vacinação da Cidade Olímpica, o objetivo foi oportunizar que pessoas residentes em locais distantes dos grandes centros pudessem ter acesso à vacina. Nesta segunda etapa, a iniciativa vai contribuir para o aumento do percentual de imunizados contra a Covid-19 no Maranhão. 

Foto: Rogério Sousa

De acordo com Tainara Lima, de 27 anos, a alegria define o momento. “O sentimento é de felicidade com gratidão. Eu já estava ansiosa por esse dia e essa oportunidade da segunda dose mais próxima da gente é muito importante, principalmente para nós do bairro”, afirmou. 

Para Amarildo Cantanhede, de 40 anos, é uma conquista que beneficia a todos. “A sensação é de alívio, ainda mais porque a doença já levou a vida de muitos. Da minha família só faltava eu receber a segunda dose, então agora posso dizer com tranquilidade que todos estamos protegidos”, destacou. 

Presente na abertura do mutirão, o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande, reforçou a expectativa de vacinar mais de 13 mil pessoas. “A Cidade Olímpica era um dos bairros com menor índice de vacinados com a primeira dose. Neste início da segunda etapa, reforçamos o compromisso do Governo do Estado ao criar processos para mudar essa realidade, tendo como base a universalidade do SUS enquanto direito de todos e para todos”.

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


EMSERH realiza 1º Encontro de Coordenadores de enfermagem

Fotos: Laécio Fontenele Durante toda esta sexta-feira (27), supervisores e coordenadores de enfermagem das unidades de saúde administradas pela Empresa [...]

Governo realiza ações do Saúde na Praça no município de Açailândia neste sábado (28)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares [...]

Governo leva Saúde na Praça à população da Região de Itapecuru-Mirim

Fotos: Ilano Lima O Governo do Estado levou, nesta quarta-feira (25), as ações do Programa Saúde na Praça ao município [...]