21 de setembro de 2021

Governo contabiliza a realização de 100 partos na ala materna do Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá

Foto: Laécio Fontenele

Por Daucyana Castro

O Governo do Maranhão registrou, no último domingo (19), 100 partos no Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá. A unidade foi entregue em 10 de agosto pelo poder público estadual e, com a capacidade de realizar até 18 partos por dia, tem beneficiado gestantes de baixo risco da região do Alto Turi.

A paciente Camila Santos Araújo deu à luz a sua primeira filha na unidade. A bebê Ísis Ariela veio ao mundo por meio de parto cesáreo e nasceu saudável, medindo 55 cm e pesando 4.010 kg. “Por ser mãe de primeira viagem eu estava muito nervosa, mas foi um momento sublime e feliz. Uma equipe maravilhosa e talentosa que contribuiu para esse momento acontecer. Obrigada a todos”, comemorou a mãe.

A proposta do serviço é contribuir para a continuidade da redução da mortalidade materna no estado. A diretora administrativa da unidade, Larissa de Holanda, comentou a importância desse serviço para as mulheres da região. 

Camila foi a paciente do parto 100

“Com a abertura do centro obstétrico do Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá, as mulheres do município e de toda região do Alto Turi podem agora ter seus bebês com maior qualidade de atendimento. Temos uma equipe treinada e humanizada para atender prontamente essas gestantes, com todo apoio que elas precisam no momento mais importante da vida delas”, pontuou Larissa de Holanda.

O presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), Marcos Grande, destacou que a principal característica da gestão do governador Flávio Dino é a descentralização da oferta de serviços em saúde, estratégia que tem sido determinante para o bom atendimento à população. “Estamos muito satisfeitos com a entrega da Ala Materna do Hospital de Santa Luzia do Paruá e, novamente, temos crianças nascendo na cidade”, destacou Marcos Grande. 

O Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá compõe a rede de Estado da Saúde e é gerenciado pela EMSERH. A unidade dispõe de 53 leitos clínicos e é referência para os municípios que compõem a Região do Alto Turi, oferecendo atendimento também às quase 300 mil pessoas das 13 cidades que fazem parte da Regional de Saúde de Zé Doca.

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


Governo realiza ações do Saúde na Praça no município de Açailândia neste sábado (28)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares [...]

Governo leva Saúde na Praça à população da Região de Itapecuru-Mirim

Fotos: Ilano Lima O Governo do Estado levou, nesta quarta-feira (25), as ações do Programa Saúde na Praça ao município [...]

Lacen comemora 103 anos de fundação com ação para colaboradores

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen-MA) completou na última sexta-feira, 20, 103 anos de fundação e para [...]