Governo avança com ações para fortalecer polo gesseiro da Região de Grajaú

Secretário Simplício Araújo e técnicos da Seinc visitaram as empresas do Polo Gesseiro durante esta semana. Foto: Divulgação

Adensar cadeias produtivas, contribuir para o desenvolvimento dos negócios e geração de emprego e renda, são compromissos do Governo do Maranhão. Na quinta-feira (20), o secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, visitou o Distrito Industrial onde está localizado o polo gesseiro de Grajaú, acompanhando os processos e fabricação de produtos oriundos do gesso e as jazidas de gipsita e outros minerais.

A iniciativa faz parte dos trabalhos em prol do fortalecimento da cadeia produtiva do gesso, que inclui desde o acompanhamento dos processos produtivos, até o diálogo com os empresários do ramo, visando ampliar ainda mais, a produção de gesso na Região.

Durante a visita, o secretário, técnicos da Seinc e membros do Sindicato das Indústrias de Gesso do Maranhão (SindusGesso), visitaram as instalações das empresas existentes no polo, a produção de placas de gesso e a retirada da matéria prima nas jazidas de gipsita.

Secretário Simplício Araújo e técnicos da Seinc visitaram as empresas do Polo Gesseiro durante esta semana. Foto: Divulgação

“Sabemos do grande potencial existente em Grajaú, na produção de gesso. Temos uma situação geográfica privilegiada, com modais de logística estratégicos, que contribuem para que possamos expandir a produção e alavancar os trabalhos dessa cadeia produtiva”, destacou Simplício Araújo.

Considerada a segunda maior produtora de gesso do país, o polo gesseiro de Grajaú conta com seis mineradoras, 16 fábricas de gesso e 60 fábricas de placas, perdendo apenas para o polo gesseiro de Araripe, em Pernambuco, na produção.

O presidente do SindusGesso, Carlos Araújo, ponderou que a visita reforça o compromisso do Governo do Estado em contribuir para que o segmento possa se expandir ainda mais. “Mais uma vez nosso agradecimento ao Governo do Estado. Foi uma visita proveitosa. O secretário pode conhecer a grandeza do polo gesseiro e nossas dificuldades”, afirmou.

Atualmente, toda a produção de gesso do polo de Grajaú é comercializada para várias partes do país. Todos os produtos atendem às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Debate com gestores

Durante a agenda em Grajaú, Simplício Araújo de reuniu com gestores municipais afim de ouvir as demandas, dúvidas e sugestões, para uma união de esforços voltados para alavancar o polo gesseiro da cidade. Todas as propostas foram discutidas com o prefeito de Grajaú, secretários municipais, vereadores e empresários do segmento do gesso.

“Esse diálogo foi muito importante, pois tudo para nós é esperança. Nós estamos precisando muito dessa ajuda e de ideias para discutir o melhor aproveitamento desse minério tão importante que faz a diferença do município de Grajaú”, afirmou o prefeito Mercial Lima Arruda.

Agenda com o governador 

Os trabalhos em prol do polo gesseiro fazem parte de uma agenda que está sendo acompanhada diretamente pelo governador Flávio Dino. Recentemente, empresários do segmento gesseiro estiveram reunidos com o governador e secretários estaduais no Palácio dos Leões. Do diálogo, foram criadas agendas como a visita ao polo e uma reunião com representantes do Departamento Nacional de Extração Mineral (DNPM), em Brasília, que foi coordenada pelo secretário Simplício Araújo.

Durante o diálogo, Simplício Araújo destacou as principais reivindicações do setor, como processos paralisados e a falta condições de trabalho para os técnicos do DMPN no Maranhão. O Governo do Estado propôs ao DMPN um termo de cooperação técnica para que o Executivo Estadual possa colaborar com a estrutura para que os técnicos do DMPN possam acompanhar o processo de produção de gipsita em Grajaú.

Todas as agendas e encaminhamentos serão apresentados durante uma reunião que será coordenada pelo governador Flávio Dino, prevista para o dia 25.

Powered by WPeMatico