Estado leva Mutirão de combate ao glaucoma para a região de Itapecuru

O Governo realizará nesta sexta-feira (11) e sábado (12) uma nova etapa do mutirão de combate ao glaucoma para municípios da regional de saúde de Itapecuru. A ação é executada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e faz parte da campanha estadual para prevenção e combate à doença. No mutirão são oferecidos medicamentos de forma gratuita, ampliando o acesso da população maranhense ao tratamento. Por meio do mutirão, só este ano,  já foram realizados mais de três mil atendimentos nos municípios da regional de saúde de Itapecuru.

GlaucomaA secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Teófila Monteiro, destaca que o programa tem cumprido o seu papel na reorganização da rede de assistência à saúde dos maranhenses. “Temos trabalhado para ampliar a oferta e também o alcance dos serviços oferecidos pelo poder público estadual aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Com ações como essa do mutirão de combate ao glaucoma, oferecemos acesso gratuito ao tratamento e, com isso, a possibilidade de uma vida mais saudável ao paciente”, afirmou.

Nessa etapa da programação, o mutirão de combate ao glaucoma será realizado nos municípios de Vitória do Mearim, Arari, Cantanhede, Matões do Norte e Miranda do Norte. O atendimento é realizado mediante apresentação da cópia do documento de identidade e do cartão do SUS. A ação oferece aos pacientes exames que permitem a detecção do glaucoma ou outras patologias oculares, avaliação médica, medicamentos adequados para o tratamento do glaucoma e encaminhamento para unidade de saúde para o acompanhamento do paciente.

Em 2017, municípios da regional de saúde de Itapecuru já receberam o mutirão nos meses de janeiro e maio. Durante as ações, quase três mil atendimentos foram realizados e 1.290 pacientes foram diagnosticados com o glaucoma só nessa região. Também já foram contempladas com o mutirão as outras regionais de saúde do estado como a de Santa Inês, Bacabal, Pedreiras, Zé Doca, São João dos Patos, Chapadinha, Presidente Dutra, Barra do Corda, Codó, Timon, Viana e Pinheiro.

O glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico e, muitas vezes, não apresenta sintomas visíveis ao paciente. A doença, que começa com a perda da visão periférica, pode provocar cegueira irreversível. Apesar de não ter cura, a perda visual provocada pelo glaucoma pode ser prevenida, atrasada ou estabilizada através do tratamento, realizado com uso de medicamentos como colírios, como é oferecido por meio do mutirão.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (11)
A partir das 8h: Vitória do Mearim, na Escola Neuza da Cunha (Rua Coronel Gomes, S/N – Tapuitapera).

A partir das 14h: Arari, na Unidade Mista Jorge Oliveira (Praça Major Pestana, s/n, Centro).

Sábado (12)
A partir das 8h: Cantanhede, na UBS Clóves Chaves (Avenida Rio Branco, s/n, Centro).

14h às 16h: Matões do Norte, no Centro Avançado de Saúde José Araújo (Avenida Doutor Antônio Sampaio, s/n, Centro).

16h30 às 18h30: Miranda do Norte, no Hospital Municipal Pedro Vera Cruz (Rua da Faixa, s/n, Centro)

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde(SES)