Diretores de unidades estaduais de saúde recebem Prêmio Remadd 2017

Diretores de unidades estaduais de saúde recebem Prêmio Remadd 2017. (Foto: Divulgação)

Os diretores do Hospital Nina Rodrigues e do Caps’Ad Estadual, Ruy Cruz e Marcelo Soares, receberam na noite da última sexta-feira (26), no Teatro da Cidade (antigo Cine Roxy), o Prêmio REMADD 2017, em homenagem aos seus respectivos trabalhos  desenvolvidos, em 2017, pela Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD).

O Prêmio REMADD é uma forma de homenagear pessoas e instituições que atuam na política sobre drogas no Estado do Maranhão. “Para nós é uma honra e uma responsabilidade muito grande receber esse prêmio. Principalmente por todas as pessoas aqui, presentes. Pessoas não só de São Luís, mas também de outros municípios. Aqui, estamos todos unidos por uma causa: cuidar de pessoas. Cuidar do próximo é a nossa causa”, declarou Ruy Cruz, diretor do Hospital Nina Rodrigues.

Ao todo, foram homenageadas 134  personalidades e instituições de vários municípios e regiões do Estado. O Prêmio REMADD contempla as categorias de ações denominadas de Prevenção, Cuidado e Acolhimento, Redução de Danos Sociais e à Saúde, reinserção Social, Comunicação, Pesquisas e Avaliações, Literatura, Justiça e Segurança, Políticas Públicas e Grupo de Mútua Ajuda.

“Em apenas um ano foram criados o Fórum Estadual de Política Sobre Drogas, o Comitê Estadual de Políticas Sobre Drogas e os Seminários Estaduais de Políticas Sobre Drogas. Essas estruturas estão fortalecendo as instituições da sociedade civil. Hoje o nosso Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) não é o de outrora”, afirmou emocionado Erisson Sousa, presidente da REMADD.

Durante o evento, o presidente do REMADD revelou que o Ministério Público fez um mutirão que resultou na visita a 71 municípios e na criação de 51 Conselhos Municipais de Políticas Sobre Drogas e a secretária de Estado da Educação implantou mais de 400 Conselhos Escolares de Políticas Sobre Drogas. “Essa é uma demonstração de que quando se quer se faz muito em termos de Políticas Sobre Drogas. A política sobre drogas não é uma política de saúde, mas sim de gestão”, argumentou.

Marcelo Soares, diretor do Caps AD Estadual, e um dos homenageados, destacou a importância da premiação para coroar os 10 anos de atuação da instituição no estado.“ Este prêmio mostra que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, tem conseguido fazer um trabalho que realmente chega a população, com politicas eficazes de combate as drogas”, declarou.

Na oportunidade, o secretário de Estado Extraordinário de Articulação de Políticas Públicas (SEEP), Marcos Pacheco, representando o governador Flávio Dino, ressaltou a importância do trabalho feito pelo REMADD.“O mais bonito de todo esse trabalho é sua expressão ecumênica e a diversidade de atores envolvidos. Esse é o Maranhão que nós queremos. Um Maranhão que se articula, que se integra, ecumênico e, sobretudo, um Maranhão que pensa nas pessoas. E nosso governo está fazendo uma grande obra estruturante, que dar educação, cuidar das pessoas”.

Sobre o REMADD

A REMADD foi criada em 2015 pelo militante social Erisson Sousa e vem crescendo. Adota como princípio a defesa dos interesses das personalidades e instituições que atuam conforme a Lei nº 11.343/06, a Lei de Drogas, que possui eixos temáticos de atuação onde os pilares iniciais são a prevenção para o não abuso, o tratamento de dependentes químicos e o combate ao narcotráfico.

Diretores de unidades estaduais de saúde recebem Prêmio Remadd 2017. (Foto: Divulgação)

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde (SES)