Dia Mundial da Segurança do Paciente é marcado por ações na Policlínica Diamante e Hospital Genésio Rêgo

Definido pela Organização Mundial da Saúde, no dia 17 de setembro é comemorado o Dia Mundial da Segurança do Paciente. Para marcar a data, a Policlínica Diamante e o Hospital dr. Genésio Rêgo, ambos em São Luís, realizaram ações reforçando a importância do tema e os protocolos de segurança adotados. As duas unidades são administradas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

“É um tema de extrema importância, pois através das metas preconizadas se qualifica o cuidado e propõe ações voltadas à redução de eventos”, explicou Ana Carolina Marques, diretora Geral da Policlínica Diamante.

Entre as metas preconizadas estão: identificar corretamente o paciente; melhorar a comunicação entre profissionais de saúde; melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e paciente corretos; higienizar as mãos para evitar infecções; reduzir o risco de quedas e úlceras por pressão; dentre outras.

A Policlínica Diamante promoveu uma ação voltada ao tema deste ano “Profissionais de saúde seguro, paciente seguro”. “Nessa programação levamos aos nossos profissionais reconhecimento pelo trabalho realizado e também conhecimento por meio de um quiz e uma roda de conversa nos setores sobre as metas internacionais”, explicou a diretora.

No jogo de perguntas, foi verificado como está o nível de conhecimento dos profissionais que atuam na unidade de saúde e o resultado foi bastante satisfatório. Ainda na oportunidade houve orientações voltadas para as metas preconizadas pela OMS.

No Hospital Genésio Rêgo, a data também não passou em branco. A unidade de saúde promoveu uma palestra a respeito da importância de serem observadas as metas de segurança por parte do corpo assistencial (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem). A palestra foi proferida pelo enfermeiro obstetra e coordenador do núcleo de educação permanente do Hospital dr. Raimundo Lima, Adriano Rodrigues.

“Foram abordados temas como ênfase nos resultados obtidos. Desta forma, aprofundamos os conhecimentos dos nossos colaboradores, e consequentemente, do público geral que procura o hospital, para temas tão importantes que devem ser lembrados”, frisou Aline Almeida, diretora administrativa do Hospital dr. Genésio Rêgo.