Corpo de Bombeiros é reestruturado com valorização dos profissionais e expansão das unidades

Atuação do Corpo de Bombeiros está sendo expandida no Maranhão. Foto: Divulgação

“Considerando a série de projetos e investimentos realizados nesta gestão, posso afirmar que hoje, o profissional bombeiro militar está bem mais preparado, valorizado e motivado para servir a sociedade maranhense”, pontua o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto Araújo, ao tratar das ações de governo para equipar e valorizar a corporação.

As medidas integram o programa de reestruturação da Segurança Pública e consolidam investimentos em estrutura física, aumento de efetivo, aquisição de novos equipamentos e veículos, benefícios salariais e um conjunto de ações de estímulo ao trabalho policial, em dois anos e meio da gestão realizada pelo governador Flávio Dino.

Entre as medidas mais importantes do governador Flávio Dino para a categoria está a sanção da Lei de Organização Básica (LOB). A norma reformula o quadro organizacional e contempla todas as unidades do Corpo de Bombeiros. A criação de uma comissão especial para elaborar propostas de revisão das regras de ingresso, lotação, transferência e promoção é outro decreto assinado pelo governador e de benefício direto aos militares, incluindo os bombeiros.

O aumento do efetivo é um dos compromissos do governador para diminuir o déficit de policiais por habitantes no Maranhão. Ainda no primeiro ano de governo foram convocados mil candidatos de concurso para compor os quadros da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. “Esse comprometimento é tanto uma demonstração do respeito e reconhecimento da importância destes profissionais, quanto com a segurança dos maranhenses. O governador está empenhado em mudar essa realidade”, enfatizou Célio Roberto.

Na avaliação do diretor de Ensino e Pesquisa do CBMMA, tenente-coronel Mauro Roberto Carramilo, a corporação obteve ganhos significativos na atual gestão do Governo. “A criação desta lei é um marco na nossa história pela amplitude de ações que permite, a exemplo, possibilitar a criação de novas unidades no interior do Estado e consequentemente promover um melhor atendimento à população”, explica o militar que possui 31 anos de serviço.

Com cinco anos na instituição, a subchefe da Seção de Cursos e Estágios do Bombeiro, segundo-tenente Nayane Priscilla, destaca a importância das ações atuais da gestão estadual para a corporação, incluindo o fator motivacional. “Na atual gestão, nós tivemos um recorde de promoções em todos os níveis, de oficiais a praças. Um ganho significativo, pois o militar tem ascensão profissional e aumento salarial. Assim como a inclusão de novos militares por concursos. São ações que melhoram o desempenho operacional e administrativo da instituição”, observa.

Expansão

Formatura de 163 soldados do Corpo de Bombeiros, no dia 29 de dezembro

Flávio Dino inaugurou mais cinco quartéis do CBMMA na capital, aumentando para 16. Os Grupamentos de Incêndio foram elevados à categoria de Batalhão ganhando mais autonomia. O conjunto de obras para a corporação inclui ainda a construção de mais dois Colégios Militares e a 1ª Cia Independente de Bombeiros em São José de Ribamar; foram inaugurados o Batalhão de Bombeiros Ambiental no Calhau e a 2ª Companhia de Bombeiros Militar no Porto do Itaqui.

 

A nova instalação do Batalhão de Bombeiros Marítimo, que agora funciona na Avenida Litorânea, conta com espaço mais amplo e adequado para as viaturas e embarcações. “Possibilita para as equipes um tempo resposta bem melhor no atendimento às ocorrências de afogamento, possibilitando salvar mais vidas”, reitera o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto. Ele lembra que em equipamentos, a corporação foi contemplada com novas viaturas, quadriciclos e equipamentos contra incêndio e de mergulho de alta tecnologia.

As cidades no interior do estado foram contempladas com a implantação de mais oito bases da corporação, aumentando para 17 a presença destes militares nos municípios. Foram inauguradas novas unidades em São José de Ribamar, Trizidela do Vale, Açailândia, Bacabeira, Santa Inês, Chapadinha e Carolina. São Batalhões, Postos Integrados de Segurança Pública e Companhias Independentes. Atualmente, incluindo a capital, o CBMMA possui instalações em 17 cidades, totalizando 29 quartéis e três Colégios Militares.

Valorização

Para promover a valorização do efetivo, de 2015 até o primeiro semestre deste ano, mais de 1.500 promoções foram concedidas. Além disso, mais de 20 cursos na área de formação militar, administrativo, de projetos, na área da saúde e outros, são oferecidos aos policiais e bombeiros permanentemente. “Isso mostra o reconhecimento da gestão com os serviços prestados e a valorização do profissional bombeiro militar”, avalia o comandante-geral.

Powered by WPeMatico