Com Mais Cirurgias, Hospital Regional de Chapadinha ultrapassa os 1.500 procedimentos eletivos

No último fim de semana, o Hospital Regional de Chapadinha chegou à marca de 1.588 procedimentos eletivos realizados em 2020. O número expressivo deve-se ao Programa Mais Cirurgias, iniciativa do Governo do Estado executada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Somente no último fim de semana, foram 398 intervenções oftalmológicas, nas especialidades de catarata e pterígio. 

“O programa Mais Cirurgias tem proporcionado importante impacto na qualidade de vida dos beneficiados. Apesar da pandemia e da suspensão por um período, temos conseguido atender em diversas especialidades, como por exemplo ortopedia, cirurgias gerais e as oftalmológicas”, afirmou o diretor clínico, Ronan Nascimento. 

No sábado (05), foram 76 cirurgias de catarata e outras 54 de pterígio. No domingo (06), o quantitativo de procedimentos subiu para 99 de catarata e 39 de pterígio. Além destes, o Regional de Chapadinha também intensificou a realização de cirurgias nos dias 21 e 22 de novembro com intervenções oftalmológicas, assim como as ortopédicas e gerais de colecistectomia, histerectomia e hernioplastia. 

O Mais Cirurgias no Hospital Regional de Chapadinha é esperança de qualidade de vida para a população das regiões do Baixo Parnaíba e Itapecuru. Lançado em janeiro deste ano, o programa tem como missão realizar aproximadamente 20 mil procedimentos até o fim do ano. As cirurgias beneficiarão pacientes adultos que estavam aguardando pelos procedimentos. 

Um dos pacientes contemplados foi Alberto Carlos, de 34 anos, natural da cidade de Chapadinha. Segundo ele, a intervenção ajudará a melhorar a sua qualidade de vida. “O preço médio de uma cirurgia deste tipo é de R$ 1.500,00. Eu só tenho a agradecer, pois o pós-operatório também foi muito bom e todo feito aqui mesmo em Chapadinha, sem a necessidade de ter que me deslocar para São Luís”, disse. 

O Mais Cirurgias acontece de modo simultâneo em 12 hospitais da rede SES: Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), Hospital Dr. Juvêncio Mattos, Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO), todos localizados em São Luís; Hospital Regional de Chapadinha; Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, em Timon; Hospital Macrorregional Dr. Everaldo Ferreira Aragão, em Caxias; Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá; Hospital Regional de Timbiras; Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês; Hospital Macrorregional Dr. Jackson Lago, em Pinheiro; Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz; e Hospital Regional de Balsas.

FONTE: SES/MA