Colaboradores da EMSERH recebem capacitação sobre uso de recursos para despesas excepcionais

Cerca de 40 servidores da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) participaram da capacitação. (Foto: Divulgação)

Auditores da Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC) realizaram capacitação para orientar os servidores estaduais quanto à utilização de recursos destinados à realização de despesas excepcionais sob a modalidade de adiantamento por meio de cartão corporativo.

Nessa etapa, cerca de 40 servidores da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) foram orientados quanto às fases de planejamento, aplicação e efetiva prestação de contas das despesas institucionais que não passam pelo processamento normal.

Também foram apresentados aos servidores outros elementos de ordem administrativa relacionados ao tema do uso do cartão corporativo como aplicação, diligência, material de consumo, natureza de despesa, prazo de aplicação, prazo de prestação de contas, servidor em alcance, suprido e atestador. As orientações foram dadas pelos auditores José Mauro de Sena Lemos e Antônio Carlos Tanús Ferreira.

Com a capacitação, a STC dá continuidade a sua atuação preventiva e de orientação, visando eliminar erros involuntários praticados por servidores na aplicação de recursos públicos, suscitando tempestivamente ações corretivas por parte dos gestores e supridos.

A auditora interna da EMSERH, Magisa Garcez, destacou a importância de capacitações como essas para a condução administrativa do órgão. “Aperfeiçoamento e esclarecimento de dúvidas referentes aos procedimentos necessários para a utilização do cartão corporativo, bem como na prestação de contas no intuito de melhor aplicação dos recursos públicos”, comentou a auditora.

“A STC tem trabalhado para melhorar a eficiência na administração pública, especialmente na prevenção e no combate à corrupção”, explicou o auditor-geral do Estado, Paulo Bello. “Capacitações diretas nas secretarias e órgãos do Governo do Maranhão fazem parte das estratégias para atingirmos nossos objetivos institucionais”, completou.