16 de dezembro de 2021

CER Olho D’água lança livro digital com orientação para pessoas videntes ajudarem pessoas com deficiência visual

Fotos: Eduardo Ericeira

O Centro Especializado em Reabilitação e Promoção de Saúde do Olho D’água lançou, nesta quarta-feira (15), o e-book “Um mundo sem os olhos: orientações básicas para o guia vidente”, de autoria da terapeuta ocupacional e especialista em Orientação e Mobilidade, Sandra Maria de Medeiros, que atua na área de reabilitação visual dos pacientes do CER Olho D’água.

“É uma das habilitações que trabalhamos na unidade, que é a visual. Um serviço que é ofertado desde 2017 e que tem trazido resultados muito expressivos. A nossa equipe é formada por oftalmologistas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e assistentes sociais que cuidam desse público e tem devolvido a funcionalidade dessas pessoas no dia a dia. É uma comemoração em dobro, tanto a habilitação do serviço visual de atendimento às pessoas com deficiência quanto um produto oriundo de um profissional que trabalha conosco, portanto motivo de muito orgulho”, ressaltou Renata Caldas, diretora geral do CER Olho D’água.

Segundo autora, a grande maioria das pessoas não ajuda uma pessoa que não enxerga ou com baixa visão por medo de se aproximar e não saber o que fazer ou fazer errado. Desta forma, o e-book surge como uma forma de quebrar essa barreira entre essa pessoa que enxerga e a que não enxerga.

“Ele foi pensado de uma forma bem simples, objetiva e direta. A construção do e-book foi pensada para alcançar todas as pessoas. É um livro digital que qualquer pessoa pode ter acesso e a qualquer momento, está disponível no celular, por isso foi pensado com poucas páginas para não ficar pesado para abrir no aparelho, por exemplo. Antes do lançamento fiz os testes com pessoas que não enxergam e com baixa visão e eles se adaptaram perfeitamente com o leitor de tela. Mas o público que eu realmente quero alcançar é o público que enxerga, para que as pessoas possam ler esse material e quando encontrar uma pessoa cega na rua, possa se aproximar e saber como ajudar”, explicou.

O lançamento contou com a presença de profissionais da unidade, pacientes e membros de associações de pessoas com deficiência visual. Os espectadores acompanharam atentos toda a explicação que foi concedida para o correto uso do e-book.

“É um material que a gente sente que vai nos ajudar porque percebemos que há muitas pessoas que não sabem lidar com pessoas com deficiência visual. Então vai contribuir conosco e com toda a sociedade, louvamos muito um material como esse”, enalteceu Mayk da Silva Machado, presidente da Associação dos Deficientes Visuais do Maranhão.

Quem passa por tratamento no CER Olho d’Água também fez questão de ressaltar a importância da publicação. “Esse livro veio para sanar essa lacuna. Muitas pessoas querem ajudar a pessoa com deficiência, mas muitas vezes não sabem a maneira correta de fazer. Muitas vezes ou protege demais ou tem uma displicência exacerbada. Então esse livro diz como as pessoas devem agir da forma correta com o deficiente visual”, pontuou Emmanuel de Jesus Pereira, paciente com baixa visão do CER Olho D’água.

“Eu não saio sozinha ainda, preciso de uma pessoa para ajudar, sei o quanto é difícil para uma pessoa que não enxerga andar na rua, são muitas dificuldades, atravessar a rua é uma delas. É um instrumento de muita esperança para todos nós deficientes visuais”, agradeceu Maria do Amor Saraiva de Sousa, paciente cega que faz tratamento no CER Olho D’água há mais de um ano.

Baixe aqui o e-book Orientação e Mobilidade

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


Governo realiza ações do Saúde na Praça no município de Açailândia neste sábado (28)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares [...]

Governo leva Saúde na Praça à população da Região de Itapecuru-Mirim

Fotos: Ilano Lima O Governo do Estado levou, nesta quarta-feira (25), as ações do Programa Saúde na Praça ao município [...]

Lacen comemora 103 anos de fundação com ação para colaboradores

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen-MA) completou na última sexta-feira, 20, 103 anos de fundação e para [...]