1 de abril de 2019

Campanha Março Lilás encerra com sino da cura e apresentação de coral

Encerramento da Campanha Março Lilás no Hospital de Câncer do Maranhão, em São Luís (Foto: Márcio Sampaio)

Com mutirão de preventivos, ato símbolo do sino da cura, bate-papo e apresentação de coral ‘Canta Geral’, o Governo do Estado encerrou, nesta sexta-feira (29), a Campanha Março Lilás no Hospital de Câncer do Maranhão, em São Luís.

A superintendente de Acompanhamento da Rede de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Mayrlan Avelar, destaca que a população deve procurar os serviços de saúde para prevenir e tratar precocemente os casos de câncer. “O Governo do Estado está trabalhando de forma árdua para continuar fazendo um serviço de saúde com qualidade e ao alcance de todos”.

Para o diretor clínico do Hospital de Câncer do Maranhão, Stênio Roberto, o papel da atenção primária em saúde é fundamental para o combate ao câncer de colo. “A atenção primária é isso: vacinar nossas crianças e cuidar das [mulheres] adultas. Ter esse olhar é ajudar na conscientização, tanto sobre tomar a vacina contra o HPV, como para a necessidade de fazer o exame preventivo”, disse.

Durante o Março Lilás, a unidade estadual realizou 1.678 consultas e preventivos, além de 42 cirurgias, ambas na área de ginecologia. Também foram aplicadas mais de 200 doses vacinas contra HPV, em meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

A jovem Lohany Pinheiro Costa, de 14 anos, participou do encerramento da campanha. Na ocasião, realizou doação de cabelo para pacientes da unidade. “Eu vi uma placa com crianças que não tinham cabelo. Eu perguntei para minha mãe e ela me explicou o porquê de elas não terem cabelo. Então decidi doar o meu para ver essas crianças felizes”, disse.

Sino da Cura

Lairton Silva, de 17 anos, finalizou o tratamento de carcinoembrionário no Hospital de Câncer do Maranhão (Foto: Márcio Sampaio)

Após um ano de assistência em saúde integral, Lairton Silva, de 17 anos, finalizou o tratamento de carcinoembrionário no Hospital de Câncer do Maranhão. Nesta sexta-feira, ele tocou o sino da cura na unidade. “Eu lutei contra o câncer durante um ano. A gente nunca imagina que algo do tipo pode bater na nossa porta. Eu só tenho a agradecer como me trataram aqui no hospital. Quero fazer novos planos para a vida. Por causa do tratamento, eu precisei parar com os estudos, mas vou voltar a estudar; depois prestar vestibular para Arquitetura”, contou.

Daucyana Castro

POSTAGENS

RECENTES


Governo disponibiliza drive-thru de testagem para a Covid-19 a partir de segunda-feira (4)

Por Daucyana Castro O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai disponibilizar, a partir [...]

Governo reduz espera de maranhenses por procedimentos oftalmológicos com o Programa Mais Cirurgias

Com o Programa Mais Cirurgias, o Governo do Estado tem ampliado a oferta de procedimentos oftalmológicos pelo Maranhão e, assim, [...]

UPA de Paço do Lumiar celebra dois anos de funcionamento com mais de 200 mil atendimentos

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paço do Lumiar completou, em 23 de junho, dois anos de funcionamento, contabilizando [...]